sábado, 20 de outubro de 2012

80 ou 80

Eu sou uma pessoa consideravelmente dada a exageros!

Se eu vejo um filme e gosto, eu vejo ele trocentas vezes, no cinema ou em casa ou em qualquer lugar (Vide as 9748174638178392720837 de vezes que eu vi a versão estendida do Dr. Manhatan Watchmen- versão estendida). Se eu gosto de uma comida, eu como até enjoar e não querer mais ver ela na minha frente.

É por essas e outras que eu sigo a ideia do sábio padrinho Linhares, que não fuma porque do jeito que a gente é, nós fumaríamos 2 cigarros ao mesmo tempo e seria efisema em 3 meses ou menos!

Eu sou aquela que toma 1,5g de dipirona e vai fazer prova, porque fazer prova com dor de cabeça me dá mais dor de cabeça. E minhas dores de cabeça também são dadas à exageros. Fato esse que foi também presenciado e pode ser testemunhado por Linhares (prova  final de FT2, daquela vez que a gente passou. Viu, eu passei! Então não pode ter sido tão ruim assim)

O problema é que eu também exagero quando o assunto é comida. Tanto a presença quanto a falta dela vêm em exageros! Eu decidi tentar ser mais saudável com a minha alimentação, e comecei com o que eu bebia. Em vez de reduzir o refrigerante, um belo dia eu falei "Não tomo mais!" E não tenho tomado mais refrigerante desde então. Não me faz muita falta, mas as vezes eu me pego pensando no que eu vou fazer quando bater aquela vontade de uma Cuba Libre (cortei o refrigerante sim, o álcool nunca!). Também nem pensei em mexer no meu fiel escudeiro, o café! Porque precisam mais do que uma hérnia de hiato e uma alergia à cafeína pra me fazerem desistir. Sim, eu tenho alergia a cafeína. Quando eu bebo café, eu não sinto nada, mas se eu absorvo cafeína pela pele eu desenvolvo umas urticárias meio aliens, nada legal!

Aí vem a hora de mexer na comida. O que eu faço? É simples igual ao plano do Coringa pra acabar com o Batman (We kill Batman). Eu paro de comer! Meu almoço durante a semana se resume a uns 200 e poucos gramas de saladinha sem batata nem massa nenhuma. Para o lanche, porque eu não janto, tem um negócio que lembra um pouco pão, lembra um pouco papel e eu acredito que seja um elo perdido entre os dois. E uma pastinha de soja, porque nessa loucura sem comida, queijo também não deve ter o seu lugar!

Aí a infeliz que vos escreve passa a semana inteira nisso. Vai se pesar marotamente e vê que perdeu uns parcos gramas e fica feliz pelo resultado não ter sido o contrário!

Aí chega fim de semana, que é dia de dar aquela fugida da dieta.
"E aí? O que vamos fazer hoje?"
"Vamos na churrascaria!!!!"

Porque nada comemora tão bem uma dieta bem sucedida, quanto comer o dobro do que você comeu naquela semana em um almoço!

Um comentário:

  1. Sempre que eu inicio uma dieta eu comemoro com chocolate no dia seguinte!

    ResponderExcluir